Talvez fosse o seu carro. Estava ali há semanas. O único veículo búlgaro em todo o bairro. Um modelo com, pelo menos, vinte anos com manchas de ferrugem na tampa do motor. Também havia letreiros na caixa de correio, sempre que o nome mudava e suscitava a desconfiança dos vizinhos.

[…]

Este artigo foi retirado a pedido do proprietário dos direitos de autor.