Em tempos, os alemães preferiam dizer-se europeus do que alemães. Foi numa época em que a união da Europa parecia um objectivo intangível. Esse período passou, indubitavelmente. Após a reunificação, os alemães reaprenderam a ter orgulho. Mas de quê? Hoje, à mínima iniciativa segue-se a pergunta: o que vamos ganhar com isso? Os antigos amigos do projecto europeu já se habituaram a isso.

[…]

Este artigo foi retirado a pedido do proprietário dos direitos de autor.