Não soubemos aproveitar esta aurora cheia de promessas! Todos tinham na secretária ou no bolso aparelhos que lhes ofereciam meios de comunicação que nem o Presidente dos Estados Unidos possuía, isto há 20 anos; não era preciso grandes investimentos para se formar um estúdio de televisão ou uma editora: tudo era possível, diziam todos exaltados, mas não agarrámos a oportunidade. Um desastre, sejamos sinceros, onde a mensagem de um sonho nos faz refletir, agora que estamos despertos.

[…]

Este artigo foi retirado a pedido do proprietário dos direitos de autor.