Automóvel: Para a sucata

Para a sucata – Nicolas Vadot
L’Echo (Bruxelas)

O patriotismo económico é posto à prova

Viva à indústria automóvel flamenga! Inglesa! Alemã! Escocesa! Francesa! Bávara! Bretã! Italiana! Padana! Maltesa! Espanhola! Catalã! Monegasca!

A indústria automóvel europeia, que viu as suas vendas recuar 20% em cinco anos, teve uma semana negra, com o anúncio do encerramento de três fábricas da construtora americana Ford na Bélgica (Genk) e no Reino Unido (Southampton e Dagenham) até 2014. Cerca de 12 mil empregos estão em causa nestes dois países, enquanto a Espanha irá recuperar parte desta produção.

Por seu lado, a francesa Peugeot, que se prepara para fechar a sua fábrica em Aulnay-sous-Bois (mais de oito mil empregos), tenta assegurar o seu futuro aliando-se à General Motors na criação dos seus próximos modelos.