Apoie o jornalismo europeu independente e de acesso livre – faça um donativo ao VoxEurop

Manifestações na Turquia: A democracia segundo Erdoğan

A democracia segundo Erdoğan – Jos Collignon
De Volkskrant (Amesterdão)

Na tabuleta: “Corrupção”, “Islão”, “Intimidação”, “Censura”. Na lança: “Democracia”.

A 11 de junho, doze dias após o início dos protestos contra a destruição do parque Gezi e contra a política do Governo de Recep Tayyip Erdoğan, em Istambul, o primeiro-ministro turco ordenou a evacuação da praça Taksim, onde se concentravam os manifestantes.

No mesmo dia, Erdoğan anunciava a morte, em Ancara, de um quarto manifestante desde o início dos protestos, mas desmentiu as alegações da comunicação social turca segundo as quais este último tinha sido morto pela polícia.