Cultura: Águas turbulentas

Águas turbulentas – Nicolas Vadot
L’Echo (Bruxelas)

O Tubarão. Comércio livre, Blockbusters e exceção cultural

No dia 14 de junho, os ministros do Comércio dos Vinte e Sete fecharam-se a sete chaves no Luxemburgo para chegar a um acordo comum sobre o mandato da Comissão Europeia nas negociações com os Estados Unidos sobre uma zona transatlântica de comércio livre.

A meio da tarde, as discussões estavam em ponto morto, a França recusa ceder em relação à “exceção cultural”, que exclui a cultura (televisão, cinema, meios de comunicação online) das negociações com Washington, contrariando a Comissão Europeia e, sobretudo, a Alemanha.