Apoie o jornalismo europeu independente e de acesso livre – faça um donativo ao VoxEurop

Suíça: Triplo não

Triplo não – Patrick Chappatte
Le Temps (Genebra)

Que sobrepopulação?

No dia 30 de novembro, 74,1% dos suíços rejeitou, através de uma votação popular, a iniciativa EcoPop, que pretendia limitar a imigração a 0,2% da população suíça (passando de 80 mil pessoas por ano para 17 mil). Os partidários desta proposta defendiam que tal limitação permitiria proteger o ambiente. A rejeição foi vista pelo Tribune de Genève como “um sinal positivo para as negociações com a UE”.

Duas outras votações ocorreram no domingo: a proposta chamada “forfait fiscal”, que pretendia “travar os privilégios fiscais dos milionários” com a abolição das leis que permitem aos ricos estrangeiros pagar impostos em função das suas despesas e não do seu património e dos seus rendimentos, como qualquer outro cidadão, foi rejeitada por 59,2% dos votantes. Da mesma forma, os suíços rejeitaram com 77,3% dos votos uma proposta que pedia ao Banco Nacional Suíço (BNS) para aumentar as suas reservas de ouro até, no mínimo, 20% dos seus ativos.