Desde 4 de Abril, em França, os museus e monumentos nacionais são gratuitos para os menores de 26 anos… procedentes dos países da União Europeia. A Associação SOS Racisme acaba de entregar um recurso no Conselho de Estado, em protesto contra esta decisão, julgada discriminatória, anuncia o Libération. "Porque há-de Christine Albanel [ministra da Cultura] assumir a ideologia da Frente Nacional e a sua ‘preferência comunitária’?”, interroga Samuel Thomas, o vice-presidente da organização anti-racista, nas páginas de debates do diário de esquerda. Segundo ele, esta medida vai contra "o desenvolvimento de uma cultura comum, que favoreça a integração dos estrangeiros residentes em França", quebra o "princípio da igualdade” e arrisca-se a servir de incentivo a delitos à entrada dos museus.