Na altura em que assinaram o protocolo de Quioto, os quinze países que à época formavam a União Europeia, comprometeram-se a reduzir em 8% as suas emissões de CO2, entre 2008 e 2012. Este objectivo permanece alcançável, porque, até agora, já reduziram as suas emissões em 5% face a 1990, congratula-se o El País. "A subida do preço dos combustíveis, a queda do consumo de gás e de petróleo, e o clima mais moderado registado na Europa limitaram a emissão de gases com efeito de estufa no continente", explica o diário madrileno. Mas dois Estados membros, a Espanha e a Grécia, ainda não cumpriram as suas obrigações, de acordo com as estatísticas publicadas pela Agência Europeia do Ambiente. A Espanha, no entanto, terá melhorado os seus resultados em 2008, com uma queda de 8% em relação ao ano anterior.