Cover

Nicolas Sarkozy anunciou, a 14 de Dezembro, a criação de dez pólos universitários de excelência, financiados até 10 mil milhões de euros, através de um grande empréstimo contraído pelo Estado – num montante total de 35 mil milhões de euros. “University of Sarkozy”, titulou o Libération, lembrando que o Presidente francês quer criar universidades capazes de rivalizarem com Harvard ou Berkeley. O diári elogia a ambição de financiar os pólos público-privados “geradores de inovação e de emprego”, mas sublinha que modelos como o de Silicon Valley, fundados com base na concentração geográfica, correm o risco de não funcionarem em França. “Nenhum [desses locais] foi construído de raiz por decisão do Estado”, explica o Libération. Outra crítica: “O pendor muito científico, muito económico, muito, numa palavra, utilitarista” do projecto. Para este diário parisiente, teria sido preferível um incentivo idêntico para as universidades de Ciências Sociais, Psicologia, Literatura ou História.