Cover

Vive-se, neste momento, um ambiente de "caça aos interesseiros", é o título do Libération. O diário francês apresenta uma galeria de retratos de "predadores" financeiros, e o "mestre deles todos", George Soros. Estes patrões dos fundos especulativos, que enriquecem à custa das divisas e dos países, estão na mira dos Governos norte-americano e europeus, explica o jornal. Do outro lado do Atlântico, o Ministério da Justiça mandou abrir um inquérito para apurar se houve concertação dos vários fundos especulativos sobre a baixa do euro. Os países europeus também querem enquadrar e controlar melhor estes especuladores "que operam geralmente envoltos no maior segredo". "Em França, Jean-Pierre Jouyet, o patrão da Autoridade dos Mercados Financeiros (AMF), não se cansa de dizer que é preciso um verdadeiro controlo. Na Alemanha, o executivo de Angela Merkel prepara-se para legislar sobre as vendas a descoberto, uma estratégia prioritária utilizada com estes fundos." Em Abril, o Parlamento Europeu votará um texto que enquadre a actividade dos operadores de fundos não europeus na Europa.