Cover

De acordo com uma sondagem a 21.000 europeusem 14 Estados-membros, apenas 28% dos cidadãos europeus são a favor da utilização do véu islâmico nos estabelecimentos de ensino,refere o diário espanhol ABC, “ao passo que 53% rejeitam-no”. A exposição de símbolos cristãos, porém, é menos controversa, com 54% a favor. Esta sondagem tenta apurar “eventuais valores europeus comuns, por exemplo, em termos políticos e económicos, na esfera pública, ou religiosos e éticos, na esfera privada”.Com toda a controvérsia que alastra pela Europa sobre o véu islâmico e a burca, esta sondagem indica que “a maior oposição a este costume é registada na Bulgária (84%), em França (68%) e na Alemanha (66%)”. 62% dos inquiridos “consideram que os valores cristãos caracterizam a Europa”, conclui o diário conservador espanhol.