Cover

Não haverá delegação oficial do Governo italiano no próximo Festival de Cannes, que se inicia a 13 de Maio. De facto, o ministro da Cultura, Sandro Bondi, cancelou a sua participação em protesto conta a projecção deDraquila. . Neste documentário de ficção, a comediante Sabina Guzzanti critica a gestão do executivo de Silvio Berlusconi após o tremor de terra em Aquila, em 2009, explica o Corriere della Sera. O Ministro considerou o filme um "filme de propaganda, que é um insulto à verdade e ao povo italiano", refere o diário. "Sandro Bondi deveria preocupar-se com o facto de a Itália investir sete vezes menos do que a França na cultura", nota o La Repubblica,, enquanto o Corriere lembraque o Ministro se encontra na berlinda, a partir do momento em que o seu nome se viu envolvido no inquérito sobre corrupção na atribuição de contratos públicos, que fez rolar a cabeça do seu antigo colega Claudio Scajola, a semana passada.