Cover

"Missão no Afeganistão chega ao fim em 2013", destaca o Gazeta Wyborcza, aludindo aos planos que Varsóvia e a NATO estão a preparar para a retirada do contingente do exército polaco do Afeganistão. Com 2600 soldados estacionados na província de Ghazni, a Polónia prevê o início da retirada em 2011 – quando terminar a atual ofensiva – e prevê igualmente cumprir o objetivo da Força Internacional de Assistência para Segurança (ISAF), de derrotar os Talibãs e centrar-se na reconstrução de infraestruturas e em dar formação sobre poder autárquico.