Cover

“Fillon chuta pela repressão total”, diz o Libération em título, após o veto do primeiro-ministro [François Fillon] à experiência de salas de consumo clinicamente assistidas para toxicodependentes, preconizada pelo ministro da Saúde. O diário de esquerda acusa uma vez mais o Governo de aplicar uma política musculada, com vista à eleição presidencial de 2012. No entanto, observa, "as overdoses e infeções diminuíram nos seis países europeus que já dispõem de salas de chuto": a Suíça, a Holanda, a Alemanha, a Espanha, o Luxemburgo e a Noruega. Na Suíça, nomeadamente, "as mortes por overdose passaram de 400, em 1991, para 152, em 2007, e as infeções de HIV diminuíram 60%".