Cover

No terceiro dia da sua intervenção, o exército francês multiplicou os bombardeamentos no Norte e no Centro do país, para destruir as bases dos grupos islamitas que detêm o Norte do Mali desde o golpe de Estado que, em março passado, derrubou o Governo daquele país africano.