Cover

O vice-ministro: como fomos enganados”, titula o Mladá Fronta DNES, que fez uma gravação oculta de um encontro de negócios entre um alto funcionário do Ministério da Defesa checo e um representante da indústria do armamento. O diário revela, assim, como é que a Defesa contorna as leis europeias sobre os mercados públicos em matéria de contratos de armamento: basta redigir um “projeto estratégico” com outro país membro, como a Eslováquia. Os fornecedores podem, desta maneira, pedir preços mais altos do que nos outros países e os funcionários desonestos conseguem receber comissões sobre os negócios.