Cover

No seu muito aguardado discurso sobre a Europa, o primeiro-ministro britânico David Cameron prometeu, se for reeleito em 2015, realizar um referendo sobre a continuação do Reino Unido como membro da UE. Esse referendo terá lugar antes do final de 2017 e depois de ter sido conseguido um novo acordo entre o Reino Unido e os seus parceiros europeus.

Este discurso “uniu os Tories, deliciou os negócios e até trouxe a Alemanha para o seu lado”, escreve o diário eurocético, referindo-se ao facto de a chanceler alemã Angela Merkel ter dito que estava “preparada para discutir os desejos britânicos”.