Cover

“Metralhados no mar pelos líbios”, titula o Corriere della Sera, depois de uma vedeta líbia ter aberto fogo, a 12 de setembro, contra uma traineira italiana, em águas internacionais (mas reivindicadas por Trípoli) do golfo de Sirte. Para evitar a apreensão do seu barco, a tripulação da traineira ignorou os avisos da vedeta – uma das seis entregues à Líbia pela Itália, no quadro de um acordo que tem como objetivo combater a imigração ilegal – e voltou para trás. Segundo o Governo italiano, trata-se de um “incidente”, mas o episódio reabriu a polémica sobre os acordos com a Líbia, com várias vozes a levantarem-se, em Itália, exigindo que sejam revistos ou revogados.