Cover

Após o Monte dei Paschi di Siena e o ENI, um outro gigante económico está agora no centro de uma polémica por corrupção: Giuseppe Orsi, o presidente do grupo industrial líder no setor militar Finmeccanica, e Bruno Spagnolini, o diretor da companhia de aviação Agusta Westland, foram detidos por suspeita de suborno às autoridades indianas, no valor de €51 milhões, para garantir a venda dos seus helicópteros militares em 2010.

Orsi é também acusado de tentar manipular a investigação para não ser condenado.