Cover

A Comissão Europeia irá apresentar as suas previsões económicas para os 27 países da UE a 22 de fevereiro. A França, cujo défice público deverá atingir pelo menos 3,6% em 2013, e cujo crescimento deverá ser praticamente nulo (0,1%), está numa posição delicada.

A Comissão, que não pretende por agora sancionar Paris, deverá reforçar a sua vigilância nas contas e no orçamento. O Governo francês deverá reduzir até o próximo ano as despesas públicas e implementar reformas estruturais.