Cover

A 27 de fevereiro o parlamento esloveno pronuncia-se sobre uma moção de desconfiança ao Governo de coligação de Janez Janša, que perdeu a maioria no final de janeiro após a saída de vários partidos.

Em caso de derrota de Janša, Alenka Bratusek, líder do Eslovénia Positiva, o principal partido da oposição (centro-esquerda), deverá ser chamada a formar um novo governo. Aos 43 anos, será a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra na Eslovénia.