Cover

O Conselho de Justiça e Assuntos Internos da UE (JAI), que reúne a 7 de março, não se pronunciará sobre as candidaturas da Roménia e da Bulgária ao espaço Schengen.

As adesões ao espaço de livre circulação têm de ser decididas por unanimidade. Ora, a Alemanha e a Finlândia anunciaram que vetariam a entrada dos dois países por causa do enorme nível de corrupção que ainda existe em qualquer um deles.

O ministro finlandês do Interior, Päivi Räsänen, disse mesmo que a Roménia e a Bulgária foram admitidas na UE de maneira demasiado fácil.