Cover

Os ministros das finanças da zona euro querem que os aforradores de Chipre percam uma parte dos seus depósitos em troca do resgate de €10 mil milhões à ilha, mas o Governo cipriota está a tentar suavizar a taxa sobre os pequenos aforradores.

Depois de um relatório, no domingo, o parlamento nacional deverá votar o pacote de resgate na segunda-feira, 18 de março, feriado em Chipre, e o Governo pode decidir que os bancos continuem fechados até quarta-feira para evitar mais agitação e uma corrida aos bancos por parte dos clientes.

Num discurso ao país, no domingo, o Presidente Nicos Anastasiades disse que a escolha era entre “o catastrófico cenário de uma bancarrota desordenada ou o doloroso mas controlado cenário de gestão da crise”.