Cover

Depois da conclusão, no ano passado, do inquérito Leveson sobre ética dos media, há rumores de que os três principais partidos britânicos, Conservadores, Trabalhistas e Liberais, chegaram a acordo sobre a regulamentação da imprensa.

As conclusões do inquérito recomendaram a criação de uma entidade supervisora apoiada na lei. O primeiro-ministro David Cameron, tal como a maioria dos jornais, resistiram sempre à criação desse supervisor. Espera-se que hoje sejam divulgados os pormenores do diploma que será votado pelos deputados durante a tarde.

Ao lado de uma fotografia do primeiro-ministro britânico durante a II Guerra Mundial, Winston Churchill, o jornal The Sun pede aos deputados que “não envergonhem o Reino Unido deitando fora 318 anos de liberdade de imprensa”.