Cover

As autoridades eslovacas e checas estão a realizar uma “campanha negra” contra os alimentos polacos, diz uma fonte do Governo citada pelo diário. Afirmam publicamente que a qualidade “da grande maioria” dos alimentos polacos é muito fraca. Um inspetor-chefe do departamento de higiene checo chegou mesmo a dizer num programa televisivo que “nunca iria comprar alimentos polacos”.

“A exportação de alimentos tornou-se uma especialidade polaca. Em 2012, a Polónia exportou produtos alimentares no valor de €17 mil milhões, comparado com 11,7 mil milhões em 2008,” explica o diário, acrescentando que os produtores locais [checos e eslovacos] não conseguem rivalizar com a competição [polaca]. Por consequência, apenas 42% dos alimentos vendidos na Eslováquia são produzidos neste país.

A “guerra alimentar” vai tornar-se um dos principais tópicos abordados na reunião entre a Eslováquia e a Polónia, que deverá ocorrer hoje em Poprad, na Eslováquia.