Cover

A 2 de abril, o parlamento esloveno ratificou por unanimidade o tratado de adesão da Croácia à UE. Esta votação foi possível por causa do acordo assinado a 11 de março (entre os dois países) para pôr fim a um contencioso bancário que se arrastava desde o fim da ex-Jugoslávia. Em 2010, Liubliana e Zagreb já tinham ultrapassado um conflito fronteiriço.

Quatro países, a Alemanha, a Bélgica, a Dinamarca e a Holanda têm ainda de ratificar a adesão da Croácia, prevista para 1 de julho.