Cover

Segundo um estudo do Banco Central Europeu, o capital médio de uma família, na Alemanha, era de €51 400 em 2010, incluindo o imobiliário, um montante inferior ao capital médio das famílias dos outros países da zona euro.

Nesta classificação, cuja metodologia é contestada, os lares mais ricos da Europa são os luxemburgueses (€397 800), seguidos dos cipriotas (€266 900), dos malteses (€215 900), dos espanhóis (€182 700) e dos italianos (€173 500).

O diário, que calcula que o capital médio de um belga é quatro vezes mais elevado do que a média alemã, admira-se por serem os alemães a terem de pagar mais pelo resgate de Chipre.