Cover

“Sob um céu sereno, pelo menos em Paris, a França mostrou na rua a amplitude das suas divisões sobre o controverso projeto” do casamento homossexual, escreve o jornal um dia depois de uma nova manifestação de opositores do projeto de lei que juntou 45 mil pessoas, segundo a polícia, e 270 mil, segundo os organizadores.

O texto deverá ser definitivamente adotado pela Assembleia Nacional a 23 de abril. Os opositores mantêm a pressão, enquanto, para o Governo, “qualquer concessão seria interpretada, tanto por quem o defende como por quem o contesta, como um novo sinal de fraqueza”, escreve o diário católico.

“Poderá ser encontrada uma solução quando o texto for examinado pelo Conselho Constitucional, o que terá toda a importância”, escreve o jornal.