Cover

"Um milhão de contas”, traz o Gazeta Wyborcza em título, referindo-se ao número de contas de telefone vistoriadas pelos Serviços Secretos polacos em 2009. Porquê um número tão elevado? “Porque os serviços secretos não têm nenhumas restrições e podem fazer o que lhes apetecer”, responde o diário liberal, apresentando uma série de estatísticas alarmantes. Em 2009, os operadores de telemóveis receberam nada menos de 1,06 milhões de pedidos de informação dos Serviços Secretos, uma média de 27,5 adultos por cada mil. Segue-se-lhe a República Checa, com 10 por cada mil. “Isto faz da Polónia o líder europeu da vigilância e monitorização de contas dos cidadãos”, lamenta o Gazeta.