Cover

Os acordos de comércio livre que a UE está a negociar com o Canadá e se prepara para abrir com os Estados Unidos “podem ter importantes consequências para as leis ambientais em vigor na UE”, avisa o jornal De Volkskrant.

O diário explica que esses acordos permitirão aos investidores estrangeiros pedirem compensações financeiras se considerarem que essas leis entravam as suas empresas.

Eurodeputados e organizações ambientais temem que as empresas façam pressão sobre os países membros da UE. “Para evitar processos por perdas e danos, os países membros poderão ser levados a suavizar as suas leis”, explica o jornal.