Cover

Edward Snowden, o delator que revelou o programa de vigilância realizado pelos serviços secretos norte-americanos sobre as comunicações e a Internet, pediu asilo político na Islândia.

O pedido foi apresentado por Kristinn Hrafnsson, o porta-voz da WikiLeaks na Islândia, mas este explica no Fréttablaðið que, por enquanto, tanto o primeiro-ministro como o ministro do Interior não deram seguimento.

Para apresentar o seu pedido, Snowden precisa de estar presente no território islandês, explica o Fréttablaðið. No entanto, o antigo agente da CIA continua a viver em Hong Kong.