Cover

Apesar de ter como principal prioridade encontrar uma solução para o desemprego jovem, que atingiu os 23,5% em abril, a UE não tem conseguido grandes progressos nesta matéria atendendo à atual crise económica global, refere o Delo, que adianta:

A Comissão Europeia apelou, a 19 de junho, à imediata aplicação de projetos de emprego. Além disso, o orçamento da UE para 2014-2020, destinado a combater o desemprego jovem, anda à volta dos €6 mil milhões.

Entretanto, espera-se que o Governo eslovaco apresente uma nova lei, a 20 de junho, para combater o desemprego jovem, atribuindo subsídios aos empregadores que contratem pessoas até aos 30 anos de idade por um mínimo de dois anos.