Cover

“A Croácia junta-se ao seu ambiente cultural e histórico, que abandonou há quase 100 anos por vontade das suas elites”, congratula-se o Večernji list.

Com a adesão à UE “começa uma nova era histórica”, escreve o diário:

No quadro da União Europeia, a Croácia tem a oportunidade de preservar a sua independência e a sua especificidade nacional, mas também de desenvolver o seu potencial por, ao mesmo tempo, continuar a ser a Croácia e a ser europeia. O mais importante, neste momento, é que, pela sua adesão à UE, a Croácia se afasta da sua antiga vizinhança geopolítica. Entrar na comunidade de Estados europeus depois da Eslovénia e, sobretudo, antes de todos os outros Estados da ex-Jugoslávia, é uma satisfação e um encorajamento.