Cover

Segundo o jornal La Repubblica, a 28 de maio, a polícia italiana fez buscas numa casa, em Roma, em busca de Mukthar Ablyazov, um opositor do Presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbaev, e acabou por prender a mulher de Ablyazov, Alma Shalabayeva, e a filha do casal.

A operação parece ter sido solicitada diretamente pelo embaixador do Cazaquistão. Shalabayeva tinha feito um pedido de asilo, que foi recusado, e foi expulsa de Itália e enviada para o Cazaquistão, onde está agora em prisão domiciliária.

Apesar do primeiro-ministro Enrico Letta ter prometido esclarecer os pormenores da operação, o diário escreve que ninguém no Governo quer assumir a responsabilidade ou parece sequer ter sido completamente informado sobre o caso. Entretanto, noticia La Repubblica, Nazarbaev, um importante parceiro económico da Itália, está a passar férias na Sardenha como hóspede do seu amigo Silvio Berlusconi.