Cover

O norueguês Kristian Vikernes foi detido em França, no dia 16 de julho, pela Direção Central de Informação Interna (DCRI), que o acusa de ter tido a intenção de cometer um ato terrorista.

Figura emblemática do black metal na Noruega, condenado a 21 anos de prisão por ter assassinado outro músico nos anos de 1990, Vikernes instalou-se em França depois da sua libertação antecipada.

“A DCRI não tem conhecimento de um alvo terrorista concreto” realça o Aftenposten. Mas foram encontrados na sua residência cinco armas de fogo e, no seu blogue, Vikernes menciona Anders Breivik, o autor do massacre de d’Utøya que ocorreu no dia 22 de julho de 2011.

Segundo Øyvind Strømmen, um especialista da extrema-direita questionado pelo diário, os dois homens não partilham a mesma ideologia:

Trata-se de um nacionalismo radical combinado com um ódio pelos judeus. Vikernes pertence a uma paisagem (no sentido ideológico) diferente da que inspirou Breivik.