Cover

Um novo “super comando” composto por procuradores do Estado, polícias e agentes do fisco terá por missão “apanhar o peixe graúdo”, escreve o Pravda.

Esta operação foi decidida pelo ministro do Interior Robert Kaliňák, pelo chefe da polícia Tibor Gašpar e pelo novo procurador-geral Jaromír Čižnár. A luta contra o crime económico é a prioridade de Čižnár, que assumiu funções em junho, num cargo que estava vago há mais de dois anos.

O diário lembra que a criminalidade económica está a aumentar e que o Estado perde 1200 milhões de euros por ano por causa das fraudes e da evasão fiscal.