Cover

“A Bulgária pede desculpa!!!”: a inscrição, pintada a rosa, em checo e búlgaro num mural do exército vermelho, em Sófia, foi a maneira encontrada pelos artistas búlgaros de comemorarem o 45º aniversário da invasão da Checoslováquia pelo Pacto de Varsóvia, a 21 de agosto de 1968.

A invasão, em que o exército búlgaro participou ao lado das tropas da União Soviética, da Polónia, da Hungria e da RDA, pôs fim à Primavera de Praga.

Os artistas búlgaros quiseram lembrar o facto de a Bulgária ter sido o último país a pedir desculpa por essa invasão, escreve o MF Dnes que acrescenta que, na Rússia, a imprensa classificou esse gesto como “um ato de vandalismo e de insulto aos heróis que tombaram”.