Cover

"Kadhafi: parem a imigração ou a Europa torna-se negra”: é assim que o Times of Malta resume a advertência feita pelo líder líbio aos dirigentes europeus durante a abertura da terceira cimeira África-UE, a 29 de novembro, em Tripoli. Retomando as palavras proferidas em Roma, em agosto passado, “Muammar Kadhafi avisou que o seu país não continuará a ser o guarda costeiro da Europa” e “reiterou o seu pedido à UE de cinco mil milhões de euros por ano para impedir os imigrantes ‘negros’ de invadirem a Europa”, explica o diário maltês. O jornal lembra, sobre este assunto, que “a UE rejeitou a ideia de pagar aquilo que poderá parecer um contrato sobre imigração”, reconhecendo, no entanto, que “o discurso de Kadhafi vai ao cerne da questão que os líderes convidados deverão enfrentar”.