Cover

A empresa de telecomunicações britânica Vodafone vendeu a sua participação na empresa de telemóveis norte-americana Verizon por 84 mil milhões de libras (99,2 mil milhões de euros), mas esse dinheiro não é alvo de imposto no Reino Unido, lamenta The Independent.

Enquanto as autoridades tributárias dos Estados Unidos têm direito a uma fatia de 3,2 mil milhões de libras, a divisão norte-americana da Vodafone é detida por uma holding sedeada na Holanda e, por isso, não paga impostos no Reino Unido. Os lucros da venda também parecem estar isentos, graças a uma lei de 2002 sobre venda de participações.

Mas não falta quem defenda que a empresa tem o “dever moral” de fazer uma contribuição depois de fechar o acordo, considerado pelo jornal The Independent “um dos maiores negócios da história empresarial”.