Cover

O Governo eslovaco prepara-se para controlar os preços do gás ao comprar ao grupo EPH 49% das ações da empresa SPP, o principal distribuidor eslovaco, ainda nas mãos dos privados, dez anos após a sua nacionalização, escreve o Pravda.

O controlo do EPH e a abundância de gás no mercado bem como a promessa da empresa de gás russa Gazprom, primeira fornecedora do país, de baixar os preços das tarifas, deverão permitir ao Governo baixar o custo da energia, tal como se comprometeu a fazer.