Cover

Após longas horas de negociações, os dois líderes da oposição húngara, o antigo primeiro-ministro Gordon Bajnai, fundador do Partido Juntos 2014, e Attila Mesterházy, presidente do Partido Socialista, chegaram a um acordo de aliança para as eleições legislativas de 2014.

Os dois partidos vão apresentar-se em listas separadas e o primeiro-ministro será o cabeça de lista da formação que recolher mais votos, em caso de vitória sobre o Fidesz do atual primeiro-ministro Viktor Orbán.

Mesterházy preveniu que vai convidar a Coligação Democrática de Esquerda (DK), do antigo primeiro-ministro Ferenc Gyurcsány para encontros futuros.