Cover

Nos últimos dias houve confrontos entre a polícia e os opositores ao projeto de exploração de uma mina de ferro na região de Kallak, perto da cidade lapónia de Jokkmokk, no norte da Suécia.

Desde há três meses, escreve o Dagens Nyheter, cerca de quarenta militantes barricam-se contra os polícias encarregues de libertarem a via para a passagem dos camiões da empresa Jokkmokk Mining.

Os opositores ao projeto são os samis, cujas renas vivem naquele local, os empresários de turismo e ecologistas que se preocupam com a possibilidade de a exploração da mina poder danificar uma barragem situada nas proximidades e causar inundações. Os defensores do projeto, que ainda esperam uma autorização final das autoridades, garantem que criará 300 postos de trabalho.