Cover

A 11 de setembro, o Governo húngaro fechou um acordo com a empresa privada de petróleo e de gás MOL para a compra do seu reservatório de armazenamento de gás, em Algyő, no Sul do país, por cerca de 150 mil milhões de florins (500 milhões de euros).

O reservatório, lembra o Népszabadság foi construído em 2010 graças a um empréstimo de 200 milhões de euros do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD) para reforçar a independência energética do país e da Europa Central.

O contrato será assinado a 30 de setembro de 2013, acrescenta o diário, no mesmo dia em que a MVM, a companhia nacional de eletricidade deverá, por seu lado, comprar a área de gás do grupo alemão E.ON na Hungria.