Cover

A 1 de outubro a Croácia emitiu um mandato de prisão europeu contra Zsolt Hernádit, diretor-geral da empresa de gás e petróleo húngara MOL. Hernádit é suspeito de ter subornado o antigo primeiro-ministro croata, Ivo Sanader, já condenado a prisão efetiva no âmbito deste caso, escreve o Népszabadság.

A 27 de setembro, o tribunal croata encarregue dos casos de corrupção ordenou a prisão de Hernádit, depois de ter pedido duas vezes, sem sucesso, às autoridades judiciais húngaras que o interrogassem na Hungria.

As autoridade húngaras rejeitaram esses pedidos, justificando a sua recusa com razões de segurança e de proteção dos interesses nacionais. Em janeiro de 2012, a procuradoria húngara tinha classificado este caso como arquivado.