Cover

Pungești, um município pobre da região de Vaslui, no leste da Roménia, tornou-se o centro da revolta romena contra o gás de xisto. Desde 14 de outubro, os habitantes protestam contra a exploração da empresa americana Chevron que, a 17, anunciou que desistia provisoriamente de iniciar os trabalhos.

Os camponeses de Pungești “não querem a prosperidade dos americanos, porque vivem da agricultura e as águas vão ficar envenenadas”, escreve o România liberă. Mas, segundo o diário, os protestos têm sido incentivados pela Igreja, que cedeu um terreno à empresa americana e agora quer recuperar essas terras. A acusação é negada pelos padres.

As autoridades locais querem realizar um referendo para consultarem a população sobre a questão do gás de xisto na região, enquanto a Chevron garante que quer apenas explorar o subsolo e que tem todas as autorizações necessárias.