Cover

Enquanto ainda decorre o debate sobre a condenação de Silvio Berlusconi por fraude fiscal e a sua subsequente inelegibilidade e continuação no Senado, o ex-primeiro-ministro enfrenta agora um novo processo onde é acusado de corrupção.

Il Cavaliere foi indiciado por alegadamente ter pago um suborno de três milhões de euros ao senador de centro-esquerda Sergio De Gregorio para se juntar ao partido de Berlusconi, o Povo da Liberdade, desencadeando assim a queda do Governo de Romano Prodi, em 2008, noticia La Stampa.

O diário de Turim escreve que os advogados do antigo primeiro-ministro não estão preocupados com o desenvolvimento do processo, uma vez que o estatuto de limitação de acusações relacionadas com o caso está quase a expirar.

Entretanto, Berlusconi está a preparar um novo recurso contra a sua condenação, antes de uma reunião marcada para novembro, onde as autoridades vão anunciar se a sua condenação por fraude fiscal o impede ou não de manter o seu lugar no Senado.