Cover

“Os grandes bancos europeus pagam caro a sua presumível participação na manipulação de taxas de juro e taxas de câmbio”, noticia o Standard.

A 29 de outubro, o banco holandês Rabobank anunciou ter chegado a acordo com as autoridades norte-americanas. Vai pagar uma multa de 774 milhões de euros por causa do seu envolvimento no escândalo da manipulação das taxas de juro Libor e Euribor.

Para fazer face a tais multas, na Alemanha, o Deutsche Bank pôs de parte quatro mil milhões de euros e o banco suíço UBS, já condenado em mil milhões de euros, reservou quase 500 milhões, acrescenta o diário. Quantias que pesam muito nos seus orçamentos.