Zona euro: “O medo da palavra que começa por um D”

4 novembro 2013 – Presseurop Handelsblatt

Cover

“D de deflação” é a palavra mete medo ao BCE, escreve o Handelsblatt. Muitos especialistas preveem o seu regresso, provocada por uma inflação muito baixa na zona euro, que com os seus 0,7% atingiu o valor mais baixo desde há quatro anos. Assim “a taxa está claramente abaixo dos objetivos de estabilidade do BCE”, que tenta manter a taxa de inflação em cerca de 2%, escreve o diário.

A ameaça de deflação põe o BCE sob pressão. Os mercados financeiros esperam que tome medidas mais enérgicas como a baixa da taxa de referência mantida em 0,5% desde maio de 2013 para garantir mais liquidez e para contrariar a deflação.

Em Espanha, Portugal e Chipre a inflação ronda apenas os 0,5% e a Grécia já entrou em deflação. As consequências desta situação são fatais, avisa o diário:

No caso da pressão sobre os preços continuar a baixar, corremos o risco de entrar numa espiral que nos puxa para baixo e que poderá pôr em causa o restabelecimento da zona euro.

Factual or translation error? Tell us.