Cover

A 7 de dezembro houve violentos incidentes em Pungești, no Leste da Roménia, entre o meio milhar de manifestantes que protestava contra o projeto de exploração das jazidas de gás de xisto da sociedade norte-americana Chevron e a polícia, noticia o Adevărul. O município tinha sido declarado zona especial de segurança pública pelo Governo.

Os manifestantes conseguiram derrubar a cerca em volta do terreno onde a Chevron quer fazer perfurações. Foram presas 15 pessoas, entre os quais um dos líderes da claque da equipa de futebol local.

Em Bucareste, algumas centenas de pessoas também saíram à rua para manifestarem a sua solidariedade para com os habitantes de Pungești, acrescenta o jornal, que se interroga se “em Pungesti, não é a democracia que morre?”:

A principal conquista da Revolução de 1989 é o direito à opinião, sem ter medo de que a polícia nos prenda e nos bata.